Quinta, 13 Outubro 2016 12:06

Somos campeões brasileiros de CrossFire! Destaque

Avalie este artigo
(0 votos)

Neste sábado, dia 08/10, os leões do Remo Brave se consagraram campeões brasileiros de CrossFire, quebrando a hegemonia de 3 anos da INTZ. Com a vitória, os leões faturaram R$ 30.000,00 e a vaga para o segundo mundial da equipe no ano, em Suzhou, na China, de 2 a 4 de dezembro.

A classificação foi suada: a equipe só conquistou a vaga para a semi-final no último dia da fase de grupos, ao vencer a INTZ por 2x0. Foram 5 empates que dificultaram muito a vida da equipe. Segundo Natália Franco, responsável pela equipe, os jogadores tiveram muitos problemas de concentração na fase de grupos. "Eles cometiam erros grotescos e incomuns nos primeiros jogos, por estarem desatentos, desconcentrados e não estarem devidamente aquecidos. Depois éramos obrigados a correr pelo empate. Fomos ajustando isso aos poucos" disse a diretora.

As semi-finais e a grande final ocorreram na MAX5, no dia 8. A casa estava cheia: 1.400 torcedores compareceram no evento e viram o Remo Brave vencer a favorita Operation Kino por 2x1, com direito a dois golden points. Sem dúvida a melhor partida do ano na modalidadem, com rounds disputadíssimos e equilibrados. Nenhuma equipe abria ampla vantagem, o placar era acirrado round a round.

A final foi contra a INTZ. O retrospecto era favorável: nos últimos 2 confrontos os leões haviam vencido. Mas nem o retrospecto e nem a surpreendente vitória contra a Operation Kino parecem ter sido suficiente para impactar a opinião dos narradores e comentaristas especializados, que em nenhum momento do dia apostaram em uma vitória dos leões. A torcida inflamou e os leões venceram com um sonoro 3x0, sem dar chances para os adversários, vencendo absolutamente todos os eventos presenciais da modalidade em solo brasileiro.

 

Os leões foram campeões e faturaram R$ 30.000,00 e a vaga para o CFS, na China


O que causou a evolução na CFEL?

O ponto determinante para a melhoria da equipe no CFEL foi o bootcamp feito para o CFS Invitational Manila. De todo o cenário profissional, a única equipe que jogou a classificatória junta foi a Brave. O bootcamp visava auxiliar na classificação para o mundial, mas ao mesmo tempo corrigirfoi crucial para ajustar erros táticos em mapas. O resultado do bootcamp foi imediato: os jogadores classificaram em segundo na fase de grupos, com apenas uma derrota, e se classificaram para a final presencial do evento, no Rio de Janeiro.

 

Importância Mundial

A Brave foi a segunda equipe profissional a ingressar no CrossFire, ainda em 2012. Na ocasião, a equipe tinha grandes jogadores, como STK, A3 e Hugao. Em 2014, a equipe de CrossFire foi reformulada e contava com a capitã Mystique. Os leões garantiram vaga para o mundial CrossFire Stars em Chengdu, na China. Após um hiato de um ano, a Brave retoma os investimentos na modalidade em 2016.

Com a classificação para o mundial deste ano, a equipe se torna a recordista em participações em mundiais no país. Para se ter uma ideia da relevância das participações do leão, em 2014 a equipe terminou na quinta colocação, na época a melhor colocação da história de uma equipe ocidental na modalidade, superando o cenário europeu e norte americano.

O projeto

Quando o Remo Brave decidiu retornar à modalidade no início de 2016, havia requisitos a serem cumpridos. "O cenário de CrossFire está em desenvolvimento desde 2012. Quando chegamos, tentamos contratar os jogadores e impor algo que o cenário não estava pronto para cumprir. Tivemos uma série de problemas com jogadores e com aliciamento. Para evitar encontrar os mesmos problemas do passado, nós decidimos que só valeria a pena nosso retorno se renovássemos o cenário, encontrando pessoas certas para o projeto" disse Tiago "Thongar" Sans.

Com a finalidade de revelar novos talentos em pauta, o Remo Brave buscou mesclar novos jogadores como Yuri "AimGreen" e  Deivison "Ryuzao" Cruz, com a experiência de Alécio "V1nni" Vinicius, João Paulo "Jow" Tristão e Matheus "Math" Matias. No primeiro split, mesmo com a campanha abaixo da média, AimGreen foi eleito a revelação do cenário. Mas a renovação se mostrou completa ao vencer o Invitational de Manila e a segunda temporada da CFEL.

Lido 706 vezes
Bookie Paddy Power cbetting.co.uk location at United Kingdom